Premio Qualidade

segunda-feira, 10. fevereiro 2014

A SCAC recebeu o Premio Qualidade Sinaprocim/Sinprocim 2013 na categoria estacas pré-fabricadas.

Para nós é uma honra ser lembrados por aquilo em que nós mais acreditamos.

Nos da força para acreditar que continuamos no caminho certo!

Muito obrigado
barra-divisao-imagens
premio sinprocim qualidade scac blog

Pilares circulares

quinta-feira, 6. dezembro 2012

scacpilareslimeira03
barra-divisao-imagens
As estacas de fundação SCAC, normalmente imaginadas cravadas e portanto abaixo do solo, podem ser utilizadas também como pilares.

Existem duas diferentes situações.

Em uma primeira o elemento de fundação é cravado até a profundidade necessária e, ao invés de cortar a sobra na altura necessária para a preparação do bloco, deixa-se o elemento a vista para que o mesmo seja o apoio diretamente dos demais andares.

Neste caso o elemento é já fabricado com uma armação diferenciada para resistir aos esforços do espaço vazio, o entre andares, e evitar qualquer deformação.

Essa solução é muito utilizadas em shoppings, supermercados e prédios residenciais como em pontes, passarelas e viadutos.

Em uma outra possibilidade o elemento é usado como pilar para sustentar a superestrutura mas não trabalha como elemento de fundação.

Trata-se portanto de um elemento “encaixado” em uma base de fundação.

Neste caso que mostramos nesta foto trata-se desta segunda opção, não executam a função de elementos de fundação.

Devido a altura necessária foram usados 2 elementos por pilar, sendo assim vê-se a emenda metálica a 2/3 do vão.

A vantagem desta solução é a velocidade se comparado a uma moldagem in loco e a arquitetura uma vez que as peças em concreto centrifugado são redondas e tem uma parede com acabamento impecável devido ao processo, muito difícil de se reproduzir em canteiro.

Trata-se da construção de um Shopping Center em Limeira.
barra-divisao-imagens
scacpilareslimeira01

Nossos Valores levados a sério: inovação

terça-feira, 19. junho 2012

Dentro de um projeto de estaqueamento existe a preocupação constante de controlar a capacidade de carga de cada elemento de fundação, garantindo à resistência de cada estaca e consequentemente a confiabilidade do empreendimento.

No caso de estacas cravadas o controle é realizado de forma momentânea, pois a interação entre o golpe aplicado pelo martelo e a resistência (e/ou reação) do solo permite avaliar a resistência mobilizada, mas também assegura a integridade da estrutura.

Os métodos convencionais de controle são os diagramas de cravação, as provas de carga estática (PCE), os ensaios de carregamento dinâmico (ECD) e o registro do conjunto nega e repique elástico.

Em termos de amostragem os custos variam e a quantidade de estacas ensaiadas se refere a um percentual do universo de estacas de uma obra.

A Tabela 01 apresenta uma relação entre os tipos de controle e a amostragem/custo relativo para cada tipo de ensaio.
barra-divisao-imagens
ARTIGO-PDM-008
barra-divisao-imagens
O uso do método do repique elástico, aliado a uma formulação dinâmica aferida para cada projeto, permite estimar e controlar a capacidade de carga de estaca por estaca, ou seja, 100% do projeto, reduzindo as incertezas e agregando na confiabilidade do projeto.

Adicionalmente considerando que a estaca cravada no piquete representa uma sondagem real daquele ponto, o controle sistemático permite melhorar a cravação para a próxima estaca. De um modo geral é um processo de retroanálise continuo, em que há a redução das incertezas, e consequentemente o aumento da confiabilidade.

O repique elástico é simplesmente a resposta do solo a um nível de carregamento aplicado pelo sistema de cravação, conforme se incrementa os carregamentos é possível de construir uma curva de resistência mobilizada por deslocamento, apenas com uma folha de papel, lápis e alturas variáveis (e/ou energia) do martelo.

O sinal é coletado a partir de uma referencia instalada próxima ao solo (régua) e próximo da estaca, onde é fixada uma folha de papel, e com um lápis apoiado na referencia aplica-se golpes do martelo no topo da estaca e registra o deslocamento vertical ao longo do tempo.

barra-divisao-imagens

folha-repique

barra-divisao-imagens
Mas o controle através do repique elástico gerava discussões quanto à segurança do operador em retirar o sinal embaixo do martelo, bem como também a precisão do sinal coletado e a possibilidade da influencia humana.

A Figura 01 a) apresenta um exemplo de sinal de repique coletado no final do processo de cravação de uma estaca, e a parte b) um sinal de repique elástico durante a execução de um ensaio de carregamento dinâmico em que se utilizam alturas crescentes.
barra-divisao-imagens

ARTIGO-PDM-001

barra-divisao-imagens

A constante inovação está presente na historia da SCAC, uma vez que se buscam sempre novos conceitos em tecnologia e soluções para a engenharia de fundação.

A consciência empregada pela empresa está na sua origem, podendo ser definida nas palavras confiança, inovação, qualidade e segurança – esses são os valores da empresa, transformando estas características como partes integrantes do real significado do processo.

A SCAC buscou na tecnologia o auxilio necessário para que a palavra “consciência” esteja presente cada vez mais no seu dia a dia, mantendo a inovação e seus princípios de origem. Temos orgulho de sermos os primeiros, pelo menos no Brasil, a apresentar a tecnologia do PDM (Pile Driving Monitor) e entregar essa ferramenta ao mercado.
barra-divisao-imagens
PDM
barra-divisao-imagens
O PDM é um equipamento que permite aliar uma precisão da medida do conjunto nega e repique, estimando em campo e tempo real a resistência mobilizada (a partir de fórmulas dinâmicas calibradas) por cada golpe aplicado pelo martelo, monitorando a cravação completa, final da execução e a eficiência do martelo de cravação.

O PDM é o estado de arte de dispositivos óptico-eletronicos que permite realizar o monitoramento do deslocamento de uma estaca a uma distância de 10 a 30 metros sem contato físico com a estaca durante a cravação, o que permite aumentar a segurança e retirar os efeitos de vibração do terreno.

ARTIGO-PDM-002
barra-divisao-imagens

A precisão dos registros é de 0,1 mm, com uma alta taxa de digitalização das medidas (aproximadamente 200 golpes/s) de repique e do pico de velocidade sem a utilização de qualquer tipo de instrumentação ou uso de sensores.

O equipamento permite obter uma analise em campo (Figura 04 e 05) e transmitir em tempo real a informação para o escritório de engenharia a fim de dirimir uma dúvida durante a execução.

barra-divisao-imagens
ARTIGO-PDM-003
barra-divisao-imagens
ARTIGO-PDM-004

As Figuras 06 e 07 apresentam casos de instrumentação com o PDM em algumas obras, apresentando uma correlação entre as medidas de repique obtidas através do método tradicional (papel e lápis) em comparação com os valores medidos no equipamento.

A partir desses resultados utilizou-se a fórmula dinâmica de Smith modificada e comparam-se os resultados com as resistência mobilizadas (RMX) medidas no ensaio de carregamento dinâmico.
ARTIGO-PDM-005

barra-divisao-imagens
ARTIGO-PDM-006
barra-divisao-imagens
As curvas de tolerância abrangem um erro de 2 % da medida realizada, sendo proporcional aos diversos pontos de medida. Através desses resultados ilustra o potencial do PDM na coleta de sinais e nos valores de resistência que podem ser obtidos em campo pela simples aferição de uma fórmula dinâmica.

As correlações entre as medidas no modo manual e através do PDM se demonstram bastante convergente e consequentemente em boa correlações com as fórmulas dinâmicas.

Uma característica do PDM é que em sinais de baixa energia o método tradicional muitas vezes registra valores de nega próximo de zero, entretanto o equipamento consegue registrar nesses casos valores da ordem de 0,5 a 2,0 mm.

Através desse rápido esboço técnico pretende-se apresentar um pouco mais da ferramenta PDM, que além de digitalizar e retirar a influencia humana no registro do conjunto nega e repique permite avaliar outros parâmetros momentaneamente durante a cravação como a velocidade de propagação da onda e a energia liquidam transferida.

Nessa função irá permitir uma rápida comunicação com o projetista / cliente permitindo que modificações na cravação sejam realizadas e controladas com maior precisão.

A copa começou, e o primeiro gol é nosso!

segunda-feira, 10. outubro 2011

Foto publicada no Jornal Folha de São Paulo.
Foto-Folha

Destak da primeira página!

segunda-feira, 5. setembro 2011

Na sexta feira tivemos a grata surpresa de, ao sermos abordados na rua para que nos fosse oferecida uma copia do jornal Destak, vermos uma foto de uma maquina na obra no Estádio do Corinthians.

Claro que para nós, a marca na torre e o logo na camisa do colaborador ao fundo, veio como se fosse iluminado por holofotes.

Como talvez não seja assim para todos, postamos aqui esta foto e frisamos este comentário!
barra-divisao-imagens
Destak

Dia de uma estaca no Itaquerão

quarta-feira, 27. julho 2011

…algumas estacas depois

quarta-feira, 20. julho 2011

barra-divisao-imagens
Não foi só a primeira!

Tem muita, mas muita estaca sendo produzida para essa obra.

Já chegou a segunda maquina e a terceira esta a caminho.

Parabéns Corinthians!

Aqui quem fala não é um torcedor, é uma empresa brasileira!

Parabéns ao Brasil por ganhar mais um estádio de primeiro mundo.

Temos orgulho de participar da construção do estádio que sediará a abertura da Copa 2014!

Gostamos de futebol!

Rumo ao HEXA Brasil!

Por falar nisso… já viu nossa estaca HEXA [ clique aqui ]?
barra-divisao-imagens
itaquerao001
barra-divisao-imagens
itaquerao002
barra-divisao-imagens
itaquerao003
barra-divisao-imagens
itaquerao004
barra-divisao-imagens

Primeira estaca do Itaquerão! 14/07/2011

sexta-feira, 15. julho 2011

IMG_4220
barra-divisao-imagens
IMG_0064
barra-divisao-imagens
IMG_4258

Primeira estaca do Itaquerão! É SCAC!!

sexta-feira, 15. julho 2011

Estamos orgulhosos por participar desta obra!

Não podemos esquecer que este estadio será sede da abertura da Copa do Mundo de 2014!

Uma alegria para os Corintianos, uma alegria para todos os Brasileiros.

A Odebrecht, empresa responsável pela construção do estádio optou por nossa solução técnica!

Já fizemos nosso primeiro gol! Agora é não perder a atenção e finalizar esse jogo em grande estilo!

Parabéns a todos os envolvidos nesta obra! Parabéns ao Corinthians por sua nova casa! Parabéns ao Brasil pelos jogos que sediará!

Bom trabalho!!

barra-divisao-imagens

materia-estadio-corinthians-001

materia-estadio-corinthians-002

Vídeo institucional SCAC

sexta-feira, 12. novembro 2010