Soluções complexas para situações difíceis.

terça-feira, 25. novembro 2014

O nome deste post não é por acaso.

A SCAC sempre foi reconhecida por ter a índole e assim as oportunidades de enfrentar desafios.

Em todas as áreas nas quais atuamos nos deparamos com situações que necessitam de desenvolvimentos exclusivos, de necessidades únicas a serem atendidas.

Nosso maior orgulho é desenvolver relacionamento com os clientes que nos proporcionam este tipo de oportunidade.

Na Marginal Pinheiros, junto ao já marco da cidade, a ponte estaiada, onde já temos instaladas estruturas de linha de transmissão do outro lado do rio, agora levantamos mais uma estrutura.
barra-divisao-imagens
LT Marginal Pinheiros
barra-divisao-imagens

A EETD1 Estrutura Especial de Derivação e Transposição 1 – Morumbi, esse é o nome para os amigos, com altura total fora do solo de 60,3 m e um diâmetro de 100 cm está instalada sob um cálice aflorado de 25,0 m e é pré-fabricada, em pecas em concreto armado centrifugado, unidas por flanges metálicos.

Para a passagem de todos os cabos necessários, a estrutura foi completada com 8 mísulas com 17 cruzetas.
barra-divisao-imagens
LT Marginal Pinheiros
barra-divisao-imagens
Essa estrutura está substituindo uma torre metálica de menor altura, exatamente para transpor o monotrilho e o rio Pinheiros chegando do outro lado na também nossa estrutura chamada de PC1.

A estrutura em concreto ocupa uma área de base menor, sem contar que é bem menos agressiva visualmente que uma solução em aço como mostra a foto abaixo.
barra-divisao-imagens
LT Marginal Pinheiros

Forma rápida de acessar conteúdo.

quarta-feira, 13. novembro 2013

A imagem abaixo é chamada de QR Code.

É uma imagem que contem uma informação que pode ser lida por meio de um aplicativo que tenha esta função.

Trata-se de uma forma rápida de acessar conteúdo.

Em nossas mídias impressas e digitais passaremos a utilizar junto a nossa assinatura.

Se tiver o programa escaneie a imagem, caso ainda não conheça esta tecnologia, acesse este link do Wikipedia sobre o assunto.

qrcode scac

Dia da Engenharia

quarta-feira, 10. abril 2013

No dia 10 de Abril celebra-se o Dia da Engenharia.

Parabéns a todos os profissionais envolvidos direta e indiretamente neste mercado.

Somos responsáveis pela concretização da evolução. Vamos aonde ninguém ainda quer ir, para fazer o que todos precisam que seja feito.

Sol, chuva, vento, calor ou frio não nos intimidam. Medimos e enfrentamos os riscos diariamente para que em pouco tempo dezenas, centenas, milhares ou milhões de pessoas possam usufruir em segurança de algo.

Que a Engenharia busque sempre mais formas de evoluir com sustentabilidade.

Parabéns a todos nós!
barra-divisao-imagens
dia-da-engenharia

Matéria

quarta-feira, 7. novembro 2012

Na edição deste mês da revista Fornecedores Governamentais saiu uma matéria cujo titulo é “Tecnologia variada para garantir um serviço de alta qualidade”.

O artigo trata do mercado de energia, mercado pelo qual iniciamos nossas atividades no Brasil.

O concreto centrifugado, que sempre defendemos, tem características de durabilidade que minimizam os degradantes efeitos da poluição e agressões do meio ambiente.

No mercado de energia atendemos todas as etapas por meio de nossos postes, linhas de transmissão e subestações, permitindo ao cliente encontrar todas as soluções necessárias para todo o processo de distribuição de energia.
barra-divisao-imagens

Nossos Valores levados a sério: inovação

terça-feira, 19. junho 2012

Dentro de um projeto de estaqueamento existe a preocupação constante de controlar a capacidade de carga de cada elemento de fundação, garantindo à resistência de cada estaca e consequentemente a confiabilidade do empreendimento.

No caso de estacas cravadas o controle é realizado de forma momentânea, pois a interação entre o golpe aplicado pelo martelo e a resistência (e/ou reação) do solo permite avaliar a resistência mobilizada, mas também assegura a integridade da estrutura.

Os métodos convencionais de controle são os diagramas de cravação, as provas de carga estática (PCE), os ensaios de carregamento dinâmico (ECD) e o registro do conjunto nega e repique elástico.

Em termos de amostragem os custos variam e a quantidade de estacas ensaiadas se refere a um percentual do universo de estacas de uma obra.

A Tabela 01 apresenta uma relação entre os tipos de controle e a amostragem/custo relativo para cada tipo de ensaio.
barra-divisao-imagens
ARTIGO-PDM-008
barra-divisao-imagens
O uso do método do repique elástico, aliado a uma formulação dinâmica aferida para cada projeto, permite estimar e controlar a capacidade de carga de estaca por estaca, ou seja, 100% do projeto, reduzindo as incertezas e agregando na confiabilidade do projeto.

Adicionalmente considerando que a estaca cravada no piquete representa uma sondagem real daquele ponto, o controle sistemático permite melhorar a cravação para a próxima estaca. De um modo geral é um processo de retroanálise continuo, em que há a redução das incertezas, e consequentemente o aumento da confiabilidade.

O repique elástico é simplesmente a resposta do solo a um nível de carregamento aplicado pelo sistema de cravação, conforme se incrementa os carregamentos é possível de construir uma curva de resistência mobilizada por deslocamento, apenas com uma folha de papel, lápis e alturas variáveis (e/ou energia) do martelo.

O sinal é coletado a partir de uma referencia instalada próxima ao solo (régua) e próximo da estaca, onde é fixada uma folha de papel, e com um lápis apoiado na referencia aplica-se golpes do martelo no topo da estaca e registra o deslocamento vertical ao longo do tempo.

barra-divisao-imagens

folha-repique

barra-divisao-imagens
Mas o controle através do repique elástico gerava discussões quanto à segurança do operador em retirar o sinal embaixo do martelo, bem como também a precisão do sinal coletado e a possibilidade da influencia humana.

A Figura 01 a) apresenta um exemplo de sinal de repique coletado no final do processo de cravação de uma estaca, e a parte b) um sinal de repique elástico durante a execução de um ensaio de carregamento dinâmico em que se utilizam alturas crescentes.
barra-divisao-imagens

ARTIGO-PDM-001

barra-divisao-imagens

A constante inovação está presente na historia da SCAC, uma vez que se buscam sempre novos conceitos em tecnologia e soluções para a engenharia de fundação.

A consciência empregada pela empresa está na sua origem, podendo ser definida nas palavras confiança, inovação, qualidade e segurança – esses são os valores da empresa, transformando estas características como partes integrantes do real significado do processo.

A SCAC buscou na tecnologia o auxilio necessário para que a palavra “consciência” esteja presente cada vez mais no seu dia a dia, mantendo a inovação e seus princípios de origem. Temos orgulho de sermos os primeiros, pelo menos no Brasil, a apresentar a tecnologia do PDM (Pile Driving Monitor) e entregar essa ferramenta ao mercado.
barra-divisao-imagens
PDM
barra-divisao-imagens
O PDM é um equipamento que permite aliar uma precisão da medida do conjunto nega e repique, estimando em campo e tempo real a resistência mobilizada (a partir de fórmulas dinâmicas calibradas) por cada golpe aplicado pelo martelo, monitorando a cravação completa, final da execução e a eficiência do martelo de cravação.

O PDM é o estado de arte de dispositivos óptico-eletronicos que permite realizar o monitoramento do deslocamento de uma estaca a uma distância de 10 a 30 metros sem contato físico com a estaca durante a cravação, o que permite aumentar a segurança e retirar os efeitos de vibração do terreno.

ARTIGO-PDM-002
barra-divisao-imagens

A precisão dos registros é de 0,1 mm, com uma alta taxa de digitalização das medidas (aproximadamente 200 golpes/s) de repique e do pico de velocidade sem a utilização de qualquer tipo de instrumentação ou uso de sensores.

O equipamento permite obter uma analise em campo (Figura 04 e 05) e transmitir em tempo real a informação para o escritório de engenharia a fim de dirimir uma dúvida durante a execução.

barra-divisao-imagens
ARTIGO-PDM-003
barra-divisao-imagens
ARTIGO-PDM-004

As Figuras 06 e 07 apresentam casos de instrumentação com o PDM em algumas obras, apresentando uma correlação entre as medidas de repique obtidas através do método tradicional (papel e lápis) em comparação com os valores medidos no equipamento.

A partir desses resultados utilizou-se a fórmula dinâmica de Smith modificada e comparam-se os resultados com as resistência mobilizadas (RMX) medidas no ensaio de carregamento dinâmico.
ARTIGO-PDM-005

barra-divisao-imagens
ARTIGO-PDM-006
barra-divisao-imagens
As curvas de tolerância abrangem um erro de 2 % da medida realizada, sendo proporcional aos diversos pontos de medida. Através desses resultados ilustra o potencial do PDM na coleta de sinais e nos valores de resistência que podem ser obtidos em campo pela simples aferição de uma fórmula dinâmica.

As correlações entre as medidas no modo manual e através do PDM se demonstram bastante convergente e consequentemente em boa correlações com as fórmulas dinâmicas.

Uma característica do PDM é que em sinais de baixa energia o método tradicional muitas vezes registra valores de nega próximo de zero, entretanto o equipamento consegue registrar nesses casos valores da ordem de 0,5 a 2,0 mm.

Através desse rápido esboço técnico pretende-se apresentar um pouco mais da ferramenta PDM, que além de digitalizar e retirar a influencia humana no registro do conjunto nega e repique permite avaliar outros parâmetros momentaneamente durante a cravação como a velocidade de propagação da onda e a energia liquidam transferida.

Nessa função irá permitir uma rápida comunicação com o projetista / cliente permitindo que modificações na cravação sejam realizadas e controladas com maior precisão.

Palestra SCAC no SEFE 7

terça-feira, 19. junho 2012

A participação da SCAC no SEFE completa-se com a palestra técnica que tivemos a oportunidade de apresentar ontem, dia 18 de Junho de 2012.

O tema é Variabilidade em Fundações, tema que está dando o tom a toda nossa participação ao evento.

Se tiver interesse pode assistir nossa palestra na integra aqui!

Aproveitamos a oportunidade para apresentar mais uma inovação em prol da qualidade e da segurança das obras de fundação, o PDM, mas sobre isso falaremos com um post especifico em breve.

É a SCAC sempre em busca das melhores práticas para garantir a qualidade de suas obras.

Inovação e segurança

quarta-feira, 13. junho 2012

Slide09barra-divisao-imagens
A imagem acima mostra os pilares da nossa marca.

Já faz algum tempo que falamos de uma inovação para o mercado de fundações, mas ainda não mostramos.

Decidimos aproveitar a oportunidade de falar para todo o mercado, optamos pelo melhor momento.

No Domingo dia 17 começa o SEFE 7, Feira da Industria de Fundações e Geotécnica.

A SCAC está patrocinando este evento, teremos um estande e faremos uma palestra técnica.

O tema que escolhemos para este ano é: VARIABILIDADE

Este tema está presente em nossa palestra e estande.

Durante o evento postaremos textos, fotos e vídeos da feira para que todos possam viver esta experiência junto da SCAC.

Revelaremos esta inovação que ha tempos anunciamos.

Mais uma vez a SCAC será a precursora de novos caminhos que visam a qualidade do serviço executado e a segurança de todos os envolvidos, durante e depois da obra.

Falta pouco!

Para os mais curiosos, e quem sabe os concorrentes, abaixo colocamos uma imagem de como será nosso estande…

SEFE 7 – de 17 a 20 de Junho 2012 – Transamérica Expo Center – São Paulo
barra-divisao-imagens
1

Qualidade e garantia

quarta-feira, 21. março 2012

Estamos nos preparando para divulgar uma inovação que estamos introduzindo em nosso dia a dia de obra.

Somos obreiros, não vendedores de concreto.

Somos o interessante encontro entre a indústria e a execução de obras.

O campo nos da a possibilidade de nos testar e testar nossas teorias, monitorar nossas soluções e assegurar nossos discursos.

Vender qualidade significa pensar em todos os aspectos do que fazemos.

No produto, na execução e em nossos colaboradores bem como nos pontos de interferência com as outras equipes de uma obra.

Nosso orgulho não é mandar um produto, mas entregar uma solução, ser a referencia que o cliente precisa para ter a tranquilidade de estar investindo seu capital de forma segura e com custo certo.

Queremos o sucesso do conjunto, não somente o nosso.

Desde sua chegada ao mercado, em 1960, a SCAC foi responsável pela introdução de mudanças importantes na execução de obras de fundações pré-moldadas.

PDA, nega e repique, emenda soldada são hoje padrões de mercado, um dia introduzidos pela SCAC.

Queremos sempre ter a certeza de estarmos no estado da arte, em tecnologia e interpretação de dados.

Muitas vezes imagina-se que o importante é ter um equipamento.

Uma Ferrari sem um bom piloto é morte na certa ou, na melhor das hipóteses, colisão.

Um equipamento de obra sem conhecimento é custo!

O importante não é só ter acesso a tecnologia mas saber usar os resultados obtidos com ela para que os benefícios possam vir a tona.

Nenhuma tecnologia com puro aumento de custo é sustentável!

Estamos preparando os materiais para a divulgação que faremos em breve, nossa meta é que ocorra entre Abril e Maio.

Aos clientes, tenham certeza que buscamos sempre a melhor solução de engenharia.

Aos colaboradores, tenham certeza que fazemos de tudo para que nosso dia a dia seja mais seguro e eficiente.

Brasil!

quinta-feira, 15. dezembro 2011

foto-maquina-BLOG
barra-divisao-imagens
Muitos devem estar se perguntando o que tem de novo em um bate estacas.

Simples, estamos celebrando a engenharia brasileira.

Fruto da parceria entre SCAC e CMV Brasil, este é o primeiro equipamento nacional desenvolvido desde a concepção, única e exclusivamente para cravação de estacas.

Não é uma adaptação.

Até hoje, equipamentos desse tipo tinham que ser importados de outros países, com sérios problemas de manutenção, pois os prazos para solução das eventuais falhas são muito maiores do que a empresa e o cliente podem desejar.

Desde 1920 a SCAC é pioneira em seu mercado.

Em nosso DNA está a necessidade de buscar sempre e constantemente uma nova forma de fazer o que fazemos ou que pode ser feito.

Em nossa missão não usamos a palavra inovação por estar na moda!

Esta inovação começa com nossa chegada ao Brasil, em 1960, quando introduzimos a tecnologia da centrifugação do concreto no mercado de construção civil e energia elétrica, pois a engenharia nos dizia que para o solo e características climáticas brasileiras, este processo seria o mais indicado em grande parte do território nacional.

Até hoje ninguém provou o contrario.

Posteriormente, não confiantes do sistema de emenda das pecas da época, a SCAC desenvolveu a emenda soldada, que passou a garantir que todos os módulos de uma estaca trabalhariam como uma peca monolítica, assegurando assim a integridade da peca ao final da cravação e por consequência a qualidade e segurança da obra.

Feito isso, precisávamos que o cliente entendesse e visse a qualidade que estávamos vendendo e por meio de estudos e colaborações trouxemos o PDA, que na época era utilizado off-shore, para o on-shore, e começamos a desenvolver um sistema de controle de qualidade de fundações.

Em todos os casos nossas inovações foram imediatamente e amplamente adotadas pelo mercado sendo todas hoje um padrão do mesmo.

Na maioria dos casos, se não na totalidade, nossa sede por inovação traz benefícios não só a própria empresa mas a todos os envolvidos e em especial, ao Brasil.

Não é um segredo a difícil e discutível forma tributaria que o Brasil aplica em suas fronteiras.

Quando se gera emprego, o tributo, necessário e benéfico para a nação, pode tornar-se, caso não seja coerente e não tenha contrapartida, um peso asfixiante que atrasa, dificulta ou impede o crescimento das empresas e da nação.

Consciente disso e confiante na engenharia nacional, a SCAC desenvolveu em parceria com a CMV esta maquina bate estacas com um índice de nacionalização de mais de 70%.

Um sucesso e orgulho para nós! Uma celebração para o Brasil.

A inauguração não podia ser em lugar melhor, não se trata do estádio de um clube de futebol, mas o estádio que sediara a abertura da Copa do Mundo do Brasil de 2014.

Uma inovação brasileira na obra que representara o inicio de nosso maior evento esportivo, com o esporte numero 1 da nação verde amarela!

Estamos felizes por finalmente poder mostrar a chegada dela na obra.

Parabéns SCAC! Parabéns CMV! Parabéns Brasil!
barra-divisao-imagens

Está pronto para o futuro?

quinta-feira, 22. setembro 2011

INOVACAO-2