Carregando o navio!

quarta-feira, 16. junho 2010

Mais uma vez estivemos no Porto do Rio de Janeiro para acompanhar o carregamento de estacas no navio para nossa obra na Argentina.
Desta vez como podem ver levamos lentes mais profissionais e nos divertimos em fazer imagens mais futuristas para poder compartilhar com todos.
Realizamos também imagens para nosso novo vídeo institucional que não poderia deixar de contemplar este modal.
Assim que este novo vídeo estiver pronto certamente o publicaremos por aqui!
carga-navio001

barra-divisao-imagenscarga-navio002barra-divisao-imagenscarga-navio003

Paraná de las Palmas

sábado, 12. junho 2010

Carta de nosso Gerente da obra na Argentina

quarta-feira, 12. maio 2010

A SCAC chegou nesta obra da Argentina, localizada na cidade de Tigre província de Buenos Aires, com seus profissionais em Fevereiro/09.

Após inúmeros testes de Prova de Carga Dinâmica, Prova de Carga Estática, Permeabilidade, Durabilidade entre outros, o produto SCAC foi mais uma vez aprovado, mesmo sob os rigorosos critérios de avaliação Argentinos, que prevêem atividades sísmicas, diferente da Norma Brasileira.

Esta obra é uma ETA, Estação de Tratamento de Água, em um terreno de 160.000 m², com aproximadamente 142.000m. de estacas de Ø 50cm.

O comprimento médio das estacas é de 28,00 metros, atendendo a uma carga de trabalho de 175 toneladas.

Nesta obra estão sendo utilizados 12 equipamentos, todos sob esteira, sendo 02 queda livre e a 10 explosão.

Enquanto as estacas que chegam ao Porto de Campana são enviadas ao nosso estoque avançado no site, a logística da obra, equipada com 07 guindastes e 8 carretas, trabalha 24 horas por dia para abastecer todos os equipamentos.

Na busca constante de melhor atender aos cronogramas e aumentar sua competitividade, a SCAC inovou mais uma vez, desta vez pelo modal utilizado.

Depois de já ter transportado estacas via trem para Itaguaí/RJ, agora estamos transportando via navio.

Do total de estacas enviadas a obra, cerca de 60% estão saindo do Porto do Caju/RJ.

Sempre buscando o melhor custo beneficio, na obra adotamos o corte da estaca, que nos permite reutilizar o pedaço cortado como primeiro elemento da nova estaca e assim diminuir a perda a índices baixíssimos, ainda mais se comparados a qualquer solução não pré-moldada.

Outra grande vantagem desta reutilização por meio do corte das estacas é ambiental, pois com a minimização da perda, o descarte praticamente não existe!

Para nós da SCAC, romper fronteiras e chegarmos em novas terras é incentivo para ir alem!

Trabalhamos constantemente para levar as melhores soluções de engenharia e estruturas com a qualidade, seriedade e o comprometimento que marcaram a história da SCAC.

Fábio Paes Rosa

foto-blog-fabio

Planta Potabilizadora “Paraná de las Palmas”

terça-feira, 6. abril 2010

montagem

 

 

Como já comentamos aqui no blog, a SCAC está executando uma obra na Argentina.

Acima deste texto aparece uma foto panorâmica artisticamente montada por um de nossos engenheiros no Excel!

Mais uma demonstração que para um engenheiro de verdade… nada é impossível!

Abaixo vemos algumas imagens da obra, em especial queremos enfatizar a ultima parte da imagem onde vemos um colaborador efetuando o corte da estaca.

Executar uma fundação segura é chegar onde a interação estaca/solo responde com a resistência indicada pelo projeto.

Parar antes significa executar o serviço sem qualidade e por conseqüência, sem segurança.

Significa ou a ruína do que será construído em cima, ou, na melhor das hipóteses, uma construção cheia de trincas!

Ir alem, é desperdício!

É desta conversa que nasce nossa crença no produto cravado para as fundações.

Especialmente em um Pais como o Brasil, cujo solo é tão errático.

O ato de cravar equivale, na comunicação, ao ato de perguntar, neste caso ao solo.

É dar ao solo a possibilidade de responder, de conversar e assim de informar o que esta acontecendo onde nossos olhos não têm como chegar.

Para que possamos executar o serviço de fundação temos que continuar até o solo dizer chega.

Para isso, em todas as nossas obras, pedaços de estacas saindo do solo serão vistos sim!

A grande inovação é que com o corte da estaca podemos reaproveitar o material sobressalente minimizando o desperdício.

Para o cliente tudo isso significa uma só coisa: redução de custo!

imagem-grande

Neve….ou sereno congelado?

terça-feira, 6. abril 2010

Neste blog não podemos deixar de lado o bom humor das pessoas que fazem parte da empresa!

Neste caso, um de nossos engenheiros, certamente não acostumado ao frio, não se conteve em externar sua alegria em ser o primeiro da SCAC do Brasil a pisar na neve! (se bem que tá mais com cara de sereno congelado)

Nosso Armstrong das fundações nos mandou esta imagem diretamente do planeta onde se encontra… Argentina!

Se no hemisfério Sul estamos no verão/outono, podemos então imaginar que a foto demorou meses para chegar até aqui… deve ter congelado no caminho!

scac-na-neve

THOR BRONCO

domingo, 28. março 2010

Neste ano de comemoração de aniversário de 50 anos de Brasil, onde queremos valorizar o encontro da tradição com a inovação, um novo modal, pelo menos para nós, foi estabelecido.

Estamos mandando estacas para a Argentina…e daí? A pergunta na verdade é como?!

Pelo método mercantilista mais antigo e revolucionário, na época, e agora, por via marítima.

Sim, estamos mandando estacas via navio, não todas, uma parte, mas uma parte considerável.

Fomos conferir esse modal e fazer algumas fotos para poder compartilhar com todos.

Para nós tudo isso é motivo de orgulho! Para que uma estaca de concreto, grande e pesada, seja adquirida aqui e enviada até a Argentina, qualidade certamente é a bandeira.

Para a SCAC isso é o que mais vale!

Gostamos de verdade de fazer o que fazemos! E temos orgulho em ser engenheiros de verdade!

Para realizarmos este trabalho o apoio de nosso cliente e dos órgãos responsáveis pela área portuária foi fundamental.

Agradecemos os Srs. Renato Graça Couto da OLEX/CNO e Jorge Granado da Rionave por permitir este trabalho.

Um especial agradecimento vai ao Capitão do navio Thor Bronco, Mariusz Ludwik Nalaskowski, por nos ter recebido com a máxima hospitalidade e simpatia!

Ainda em tempo, em nossa constante busca por inovação em todos os aspectos, característica sempre presente em nossa história, esta visita foi acompanhada em tempo real em nosso Twitter. www.twitter.com/scacengenharia

A SCAC está nas mídias sociais, sempre buscando uma forma de estar mais próximo de quem mais tem valor em nosso mercado, as pessoas!

naveArt001fotonavio001fotonavio002navio-goodbye

Qualidade e logística juntas!

sexta-feira, 5. março 2010

Nosso maior orgulho mora em entregar! Em buscar sempre uma solução que surpreenda, que atenda, que supere as dificuldades que a logística pode trazer, que respeite as expectativas do cliente, em vista das expectativas que a comunidade ira alimentar!
Quando falamos de fundações, fica fácil pensar que seja algo que não aparece, mas quando trabalhamos com elas, percebemos que o que aparece, só aparece graças a sustentação que estas proporcionam.
Orgulho maior é participar de projetos cuja responsabilidade seja levar melhorias e bem estar aos seus arredores!

poster-obra-argentina